HOMENAGEM ÀS MÃES

 RETRATO DE MÃE


Uma mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de Deus,

E pela constância de sua dedicação, tem muito de anjo; que sendo moça pensa como uma anciã e sendo velha, age com as forças todas da juventude;

Quando ignorante, melhor do que qualquer sábio desvenda os segredos da vida e, quando sábia, assume a simplicidade das crianças;

Pobre, sabe enriquecer-se com a felicidade dos que ama, e, rica, empobrecer-se para que o seu coração não sangre ferido pelos ingratos;

Forte, entretanto estremece ao choro de uma criancinha, e, fraca entretanto não se altera com a bravura dos leões;

Viva não lhe sabemos dar valor porque à sua sombra todas as dores se apagam, e, morta tudo o que somos e tudo o que temos daríamos para vê-la de novo, e dela receber um aperto de seus braços, uma palavra de seus lábios.

Não exijam de mim que diga o nome desta mulher se não quiserem que eu ensope de lágrimas este álbum: porque eu a vi passar no meu caminho.

Quando crescerem seus filhos, leiam para eles esta página: eles lhes cobrirão de beijos a fronte; e dirão que um pobre viandante, em troca da suntuosa hospedagem recebida,  aqui deixou para todos o retrato de sua própria mãe

Autor: Don Ramon Angel  Jara – Bispo de La Serena, Chile

Tradução de Guilherme de Almeida

Adélia Maria Woellner

Cida Colombo

Clarice Miranda

Denise Barbara

Elizabeth Bettega Castor

Gilda Carnasciali Munhoz da Rocha

Gisele Mattner Salazar

Liamir Santos Hauer

Lylian Vargas

Maria Angela Tassi

Maria Ines Borges da Silveira

Marta Moro

Neusa de Mattos Leão

Regina Casillo

Rossana Lazzarotto de Oliveira

Sueli Melo de Andrade

Tania Maia Vieira com os netos, Gustavo, Caio e Antonia

Vania Dalmaz

Vania Viaro com a filha, Mariana, e as netas(ao centro) Julia e Flavia Viaro Zagato

Vera Pimpão do Amaral Lupion

Zaira Galléas com a neta , Maria Eduarda Guedes de Galléas




REFLEXÃO


A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme o Senhor será elogiada

Provérbios 31:30

Tudo o que sou, ou pretendo ser, devo a um anjo, minha mãe

Abraham Lincoln


Postado dia sexta-feira, 7 de maio de 2021.Você pode seguir este post através do link RSS 2.0. Você pode deixar um comentario.

Uma resposta para “HOMENAGEM ÀS MÃES”

  1. Boa tarde, Wilson
    Quanta consideração! Sua generosidade me comove. Agradeço a distinção de me colocar junto a tantas reconhecidas e admiradas personalidades. Obrigada, também, por sua amizade. Abraços.

    ResponderExcluir