Amor e Companheirismo Sem Par

Mãe da jornalista Margarita Sansone, sogra do prefeito Rafael Greca, deixa saudades a partida para a eternidade de dona Margarita Pericás. De temperamento discreto, tinha pela leitura e arte um grande apego. Curitibana de berço, trazendo origem espanhola, familiarizada com o italiano, que compartilhava com o ex-marido Francisco Sansone, ampliava cultura com o francês e inglês apresentados com a devida didática e rigor pelo Sion, a celebrada instituição escolar, que mantém o nível até os dias atuais. Primorosa anfitriã, tinha na arte motivação para abrir os salões do Edifício Amazonas. Como a homenagem ao revolucionário Astor Piazzolla, que inovou o tango, incorporando o jazz e a música clássica em suas composições e arranjos. Igualmente alvo das atenções de dona Margarita Pericás, o conde Rudi Crespi, diretor da revista Vogue Brasil e Vogue México. De ilustre berço paulistano, Crespi era um dos nomes mais conhecidos do jet-set internacional. A maestria de dona Margarita, com sua peculiar doçura e traquejo, era revelada em sua inteligência e no savoir faire do DNA. A admirável personalidade, que caracteriza os Pericás e Sansone, vem refletida em suas eminências, como dedicados médicos, diplomatas com honorabilidade, igualmente notabilizados em outras áreas. De tudo, tem o maior peso e traz lição, a dedicação com que a jornalista Margarita Sansone envolveu sua mãe, dona Margarita Pericás.
Amor e companheirismo sem par!

Postado dia sexta-feira, 21 de julho de 2017.Você pode seguir este post através do link RSS 2.0. Você pode deixar um comentario.

Deixe seu comentário