Elogiado pela Time

Os clichês caem quando se vê o trabalho do artista brasileiro Kenji Fukuda, cujas emoções são tão atemporais, serenas e harmoniosas quanto um jardim japonês de pedras”. Alvo do elogio do crítico Peter Kamel, da revista Time, o pintor de Lins, São Paulo, residindo no Paraná, expõe 25 obras de grande dimensão, no Clube Curitibano. A mostra vai até 20 de novembro.

Postado dia sábado, 7 de novembro de 2015 com os seguintes temas ,,,,,,.Você pode seguir este post através do link RSS 2.0. Você pode deixar um comentario.

Deixe seu comentário