ÂNGELA DE MELLO É SAUDADE, MUITA SAUDADE!

Nenhum Comentário »

Personagem relevante, sensível, que pontuou como promoter, comunicadora, a jornalista Ângela de Mello deixou muito pesar com sua morte. De raízes de Jaguariaiva, Norte Pioneiro do Paraná, integrou-se formidavelmente à família curitibana em várias de suas áreas. Seus naturais valores, sensibilidade e cultura foram determinantes em seus primeiros passos   que a levaram ao grande Dino Almeida, colunista da Gazeta do Povo. Da redação à organização de eventos tudo fluiu com a melhor desenvoltura, ganhando marcas de excelência. Paralelo ao universo social/cultural de Dino Almeida, incluindo o Glamour Girl do Paraná, consagrado evento do DA,  Ângela de Mello, por 25 anos, comandou a Karisma, das melhores agências de eventos, produções e promoções. Mais de 3 mil artistas compuseram o cadastro de sua empresa, que reunia o “The Best”.

A Europa, principalmente, França, Portugal e Itália eram direções para a sua imersão e atualização. Veneza e Pordenoni, próximas, nesta o berço de sua família materna, de onde o avô Giovanni Pessa veio ao Brasil, a convite do Conde Matarazzo, para delinear as fábricas de banha no Paraná, Antonina e Jaguariaiva, nesta também o Palacete Matarazzo, hoje museu.

Em tempo: nossa querida e amada amiga Ângela de Mello fez parte do staff do colunista Claudio Manoel da Costa (Estado do Paraná) e me substituiu, por meses, com seu aplaudido talento,  na Gazeta do Povo, onde, por 24 anos, assinei  aos sábados a Coluna Wilson de Araujo Bueno.

 O meu abraço de saudade à querida mãe Dona Leonilda e aos irmãos Renato, Moacyr, Roberto e Maria Antonieta (Nega) Ferreira de Mello Abdul Hak




REFLEXÃO 

Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida

Salmos 62: 5

A gratidão é o único tesouro dos humildes

William Shakespeare



CARTAS A CURITIBA

Nenhum Comentário »

 

Marcia Fatuch Pinho, Iza Zilli e Renato Pinho

Marcos Domakoski, Silvia Lenz Cesar e Jocelia Domakoski

Eliane Negrão e Iza Zilli

Maria Bernadete Demeterco Raad, Marcia Fatuch Pinho e Clarice Miranda

Rosi Busato, Luiz Carlos e Maria Inês Borges da Silveira, Iza Zilli e Lylian Vargas

Iza Zilli, Cris Lissoni e o cerimonialista Mario Cesar Simões

Iza Zilli recém lançou Cartas a Curitiba – Empresas, História e Personagens, na Casa de Festas do Graciosa Country Club, em noite em que a elegância hibernal deu o toque, saudando o look

 lãs e peles. Colunista social, membro do Centro de Letras do Paraná,  Zilli  soma 23 obras, com admiração do prefeito Rafael Greca, que enaltece a publicação voltada para a pujança e memória da Luz dos Pinhais, que, com brilho, a dirige há 3 gestões. Elogios a Zoli Eventos Exclusivos by Cris Lissoni e ao Buffet da renomada Marzia Lorenzetti


REFLEXÃO

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus.

Efésios 2.8

Um problema é uma chance para você dar o seu melhor

Duke Elligton


ADEUS GLORINHA VIEIRA PEIXOTO! NOTÁVEL SER HUMANO

Nenhum Comentário »

 


Em fevereiro, o mundo elegante paranaense perdeu um dos seus personagens mais admiráveis. Eu falo de Glorinha Vieira Peixoto, que brilhou com seu DNA mineiro, tendo na heráldica os Vilhena de Andrade e os Vieira, sendo filha do pujante e lendário Avelino Vieira.

Glorinha era a própria expressão, o mais significativo modelo de quanto o patrimônio material ligado ao refinamento podia remover montanhas. Relato como exemplo a novela “Dancin´Days”, folhetim de Gilberto Braga, que em certo capítulo faz um personagem anunciar: Glorinha e José Márcio estão chegando ao Rio. O Rio foi sempre cenário do universo de Glorinha, onde chegou a ter , como mestra de pintura, Ione Saldanha, com dedicação também ao francês.

Foi em Paris, ao ser apresentado a Hildegard Angel, por Juarez Machado, que dimensionei melhor a importância de Glorinha: a colunista de O Globo convidou-me para um chiquérrimo jantar, que ela, Hildegard Angel, ofereceu no Regine´s.

No elegante party, Glorinha foi o prato de resistência em boa parte das conversas. Onde estivesse, Glorinha Vieira Peixoto deixava marcas de grande ser humano, realmente inesquecível. Em seu expressar-se era contagiante, dócil, natural, comunicava seus abundantes dotes. Mulher íntegra, sem arrogâncias, admiradora dos reais talentos, foi grande em todo seu viver.

Seja em Curitiba, Rio, Paris e na nossa Ibaiti, Rainha das Colinas, Norte Pioneiro do Paraná,  onde o filho Marcinho é fazendeiro, o nome Glorinha é de exaltação de generosidade e doação humana.

O meu abraço de profundo sentimento aos filhos Cintia, Andréa, Marcinho, familiares e íntimos.


REFLEXÃO

“A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei”

Romanos 13:8

“Mulher invisível, humilde, trabalhadora, é a estrutura que sustenta o Lar e o País”

Adélia Woellner, poeta e escritora, membro da Academia Paranaense de Letras


À FRENTE DO SEU TEMPO

Nenhum Comentário »

Dirce Aguiar Maia
 

O livro Dirce Aguiar Maia “UMA MULHER À FRENTE DO SEU TEMPO”, lançado em fins de 2021, veio ampliar os perfis de mulheres que orgulham a história de Maringá, Paraná, e enaltecem a galeria dos nossos vultos, com grandiosidade que extrapola os limites regionais, tal a sua magnitude. Jovem, deixou sua natal Macaé, Rio de Janeiro, para constituir-se pioneira da nascente Maringá, um núcleo de poucos habitantes, tendo pela frente todos os possíveis e impossíveis percalços. A obra, de Loide Caetano, diretora do Museu Histórico UniCesumar, palco dos autógrafos, traça os passos firmes, confiantes da culta e elegante Dirce Aguiar Maia, que tornou-se professora e primeira diretora escolar em 1948. Tive o privilégio do convívio com a personalíssima Dirce Aguiar Maia, o que muito me orgulhou. Mãe de Elizabeth Maia e Sérgio Amilcar Maia, ela deixou marcas maiúsculas em sua vida em Curitiba, sempre transmitindo excelência, vigor e solidariedade.


REFLEXÃO


O Senhor está próximo dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido

Salmo 34:18

A habilidade pode te levar ao topo, mas é preciso caráter para te manter lá

John Wooden

CURITIBA RESPIRA MÚSICA

Nenhum Comentário »

 Em janeiro, de 16 a 30, a capital respira música no compasso de Villa-Lobos.

A tradicional Oficina de Música de Curitiba, em sua 39ª edição, volta a ter atividades presenciais e homenageia o mais importante compositor clássica da América Latina – serão 15 concertos com obra do maestro. Há muito espaço também para música popular, com shows de Toquinho e Margareth Menezes, por exemplo. Além disso, serão 315 artistas de Curitiba participando dessa onda cultural que varre a cidade. A programação se espalha desde o Teatro Guaíra até o recém aberto Teatro da Vila (que fica no coração da CIC e vai ter show do rapper BNegão) Como se sabe, o prefeito é um reconhecido connaisseur da área cultural e um entusiasta em levá-la a todos os cantos da capital.

RÉVEILLON DO GRACIOSA COUNTRY CLUB

Nenhum Comentário »

Os salões do Graciosa Country Club com flores brancas no décor, obra de João Callas, cintilavam bom gosto, beleza e elegância na noitada de réveillon. A cordialidade dos presentes com seus familiares refletia confraternização e alegria naqueles momentos finais e logo início do Novo Ano. O primeiro casal do clube Larissa e Tobias Macedo a todo momento era elogiado pela beleza da noitada.  Espetacular queima de fogos, como tradicionalmente acontece, somou muita emoção. O jantar e o café da manhã garantiram cumprimentos ao chef Cesar Monteiro. O animado som do Dj Fabio França atraiu muitos à pista até às 5 da manhã. As fotos de Angela de Mello levam à festa. 


Maria Olimpia e Tobias de Macedo Filho, Tobias de Macedo e Bernardo Luiz Duarte


Em pé,  o primeiro casal do Clube Tobias de Macedo e Larissa de Macedo. Sentados, Tobias de Macedo Neto, Mateus Carvalho e Julia Marques de Macedo

Diego Veiga, Ângela Ninno Leite, José Vieira de Godoy Junior e Norton Bianeck


Claudia e Bina Kubrusly


Marcia Almeida e Delfim Correa


Leila Dervich


Carlos e Ligia Lirani


Maria Olimpia e Tobias Macedo


Iracema Batista e Terezinha Schwab


José Vieira de Godoy Junior, Fernando Gama e Silva e Rosana Vieira de Godoy


Marzia Lorenzetti, Silvana Cocchieri e Elizabeth Mercer Mourão


Camila Aldomova



REFLEXÃO


O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate

Provérbios 15:13

Pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, revividas, resgatadas e redimidas: jamais jogue alguém fora

Audrey Hepburn

GRECA PÕE LIVROS (DIGITAIS) NA PALMA DA MÃO DAS PESSOAS

Nenhum Comentário »

Em seu primeiro ano de funcionamento, o aplicativo CURITIBA LÊ DIGITAL se tornou uma referência nacional. Disponível no Curitiba App, ele oferece gratuitamente 219 opções de obras literárias. Mais de 10 mil livros já foram baixados.

Mais um serviço digital de impacto que o prefeito Rafael Greca disponibiliza para a população em seu empenho em tornar Curitiba um exemplo de inovação para o mundo.

Ah, sim: a obra mais baixada? A Divina Comédia, obra prima de Dante Alighieri escrita há 700 anos


REFLEXÃO

O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido.

Salmo 34:18

Que formosa aparência tem a falsidade...

William Shakespeare